A praticidade do Tie-Dye

Sabe aquela roupa velha, branca e que você deixou de lado, abandonada porque já perdeu a graça?! Pois aqui vai uma super dica para customizar sua peça e usá-la como se estivesse nova!

Estou me referindo a uma técnica que teve seu boom no período do movimento hippie, o Tie-Dye. Os hippies eram contra o consumismo e por isso usavam roupas velhas, em função disso começaram a tingir de forma livre suas roupas, que traziam várias cores vibrantes. A cantora Janis Joplin foi uma das precursoras do Tie-Dye, mas a teoria comum é de que essa técnica nasceu na África e no Japão.

Como já diz o nome Tie = amarrar, Dye = tingir, é simples, fácil de se fazer, e o melhor: baixo custo! Havia duas camisetas brancas e lisas que usei para tingir, recomendo o corante em pó Guarany, que custa por volta de 1,50 a 2,50 R$ um frasco com 40g, escolha as cores de sua preferência, em recipientes, um para cada cor que escolher, esquente aproximadamente 700ml a 1lt de água, depende da arte que irá fazer, coloque o corante em pó, não necessariamente todo o conteúdo do frasco, quanto mais pó colocar na água, mais escura ficará a cor. As partes da roupa que quiser manter em branco, amarre-as com barbante ou elásticos, depois de diluído o corante mergulhe a roupa por inteiro, ou por partes para conseguir um efeito degradé, deixe por 15min, se quiser tons mais claros deixe por menos tempo.Uma outra dica bacana é que pode-se usar o fixa cor por último (opcional). Você pode abusar das cores numa mesma peça, depois tire, torça para tirar o excesso e deixe secar na sombra.

Pronto! Viu como é prático! Faça um teste, tenho certeza de que não se arrependerá e outro ponto positivo é que pode usar a vontade sua roupa, ninguém vai ter uma exatamente igual, sem contar que o Tie-Dye está super em alta em 2013. Use sua criatividade!

Image

Image

Para fazer a imagem 1 vai aqui um vídeo com detalhes de como realizar o processo.

Mas… Qual a diferença?

Fui abastecer minhA carro, sim, porque é uma mulher, dignamente batizada de Elba Ramalho Sheldom. Sim sim! entrei no auto-posto, estacionei ao lado da bomba de gasolina e o frentista veio me atender.
_ Olá, boa noite!
_ Boa noite, 20 R$ de gasolina por favor. Só um minuto, quanto tá a gasolina aditivada?
_ 2,96 R$
_ Ah sim, mas o que tem de diferente na aditivada?
_ A gente coloca… o aditivo!
_ Sim, mas o que tem nesse aditivo?
_ Ah moça, é na outra bomba ali do lado, você vai ali e a gent coloca o aditivo na hora.
_ Certo, mas… qual a diferença da comum para a aditivada???
Ele simplesmente sorriu sem graça, eu ri também e parei de perguntar…
_ Tá, põe a comum mesmo. Obrigada!

Desisti, resolvi perguntar para o “Oráculo” como costuma dizer uma amiga minha @CarolAyfus referindo-se ao Google. rss

Mas, para não ficarmos na dúvida, aqui vai a informação:


1) Qual a diferença entre gasolina comum, aditivada e premium?

A gasolina aditivada é a gasolina comum que recebe um pacote de aditivos detergente/dispersante, que mantém limpo todo o sistema de alimentação do combustível, incluindo bicos injetores e válvulas de admissão. A octanagem da comum e da aditivada é a

mesma: 87, no mínimo. Já a gasolina premium possui octanagem superior quando comparada à comum: 91, no mínimo.(fonte G1.com)

Quem quiser ler mais sobre o assunto clique no link da matéria.http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL606074-9658,00-COMUM+OU+ADITIVADA+TIRE+SUAS+DUVIDAS+SOBRE+GASOLINA.html